30 janeiro 2009

My hand

1 comments

29 janeiro 2009

Pontos do parto

2 comments
e porque demoram tanto tempo a sarar!?
mesmo quando se têm todos os cuidados!

ele é banho com sabão neutro, ele é secador, ele é descanso, ele é betadine, ele é mil-cuidados, mas apesar de não estarem infectados, os raios dos pontos continuam a não deixar a mummy fazer um passo sem gemer um pico de dor.

quanto tempo mais, c'um caneco!?

Piores Pesadelos dos Pais

2 comments
Para além dos óbvios perder um filho ou desconhecer do seu paradeiro, é sem dúvida ouvir da sua boca as palavras "não gosto de ti".

Principessa!

2 comments


25 janeiro 2009

Nasceu a Maria Matilde

12 comments
Num sábado, depois de dias a fio de frio e chuva, o sol começou a afastar as nuvens.
No rádio ouvíamos os Tribalistas. "Impossível", que isto já não está na moda e é a nossa música. Mas era mesmo. E assim os sinais de apoio davam-nos ânimo redobrado.

Pelos vistos havia vaga.
Esperámos.
2 horas. Consulta e depois já preparação para entrada no Bloco. 
roupa metida no grande saco plástico.
Credo, que memória ainda tão viva!

Começo atribulado. 2 desmaios quase sucessivos. Retracção na oxitocina e uma dose extra de glucose misturada. Tudo muito devagarinho. Ao meio-dia, a fome. Rebuçados. A única permissão. E o pai lá ia, entrando e saindo, telefonando às avós que, em casa, brincavam com o mano e sem comer pitada, mais nervosas ainda que o pai.

Mas depois do susto estava tudo bem. As contracções iam e vinham, muito, muito irregulares. É normal. Alguma conversa entre nós dois. alguma galhofa. Piadas. E um controlo apertado ao ritmo cardíaco e ao CTG e relógio.
tudo ia bem.
depois começaram as infernais e já rotineiras contracções a chegar de 5 em 5 minutos. E depois de 4 em 4.

Ok.
Acho que a partir daqui a coisa vai arrancar.
Mas estava ainda assim tranquilo.

Nova saída do pai. Nem 10 minutos. E no regresso, o cenário estava de guerra! A mãe agoniava de doras, e as enfermeiras tardavam a agir. Ainda estaríamos com 2 centímetros de dilatação? Já iam medir... Nova contracção. Estavam já de 2 em 2 minutos. O pai sai de novo e nem 2 minutos. Quando regressa, o cenário estava pior. As contracções estavam ainda amis fortes e pareciam já nem querer parar. As enfermeiras iam medir a dilatação.

daqui em diante, estando o pai cá fora no corredor, só mesmo escutando deu para seguir a hora e meia que se seguiu de autêntica convulsão:
- as enfermeiras, duas mediram a dilatação: 3 centímetros
- 2 médicos vieram observar a mummy; entre preparativos, demoraram 10 minutos, mais conversa com a mummy; e nisto, ao observar, já estava com 8 centímetros de dilatação; e pior, estava a começar a ter vontade de fazer força!
- pânico!
- o colo ainda não estava pronto e as águas não haviam rebentado
- ou seguia para cesariana, ou se tentava parto natural? os médicos saíram
- o anestesista e os enfermeiros tentaram de tudo, mas a mãe começou a gritar
- avançou-se para uma anestesia, já não havia tempo para epidural
- a anestesia só se podia dar uma vez, e o saco foi rbentado numa primeira tentativa com a mummy sentada, o que não deu certo, e só extremou mais as dores
- de novo deitada, águas rebentadas, e o pai a meter a cabeça dentro do quarto: "Posso?"
- Nããão.
( bolas.... )
- De novo cá fora a agoniar, mas nem 4 minutos e voltei a tentrar entrar e explicar que a minha mulher quando lhe dói, dói mesmo, e sensibilidade é com ela!
- nada feito, e o pai lá teve de sair; porquê, bem, porque o bebé já vinha a caminho?
-já!?!?!?! Como?

Pois é, em cerca de 30 minutos o cenário desenhou-se e em 45 tudo se determinou:
- de forma muito controlada e tranquila, com a mummy exemplarmente a fazer força, a MAria Matilde espreitou cá para fora às 16h e 10, e ainda metade dentro, foi a mummy com a ajuda das médicas quem puxou a filhota para fora e a pôs em cima do peito; o pai cortou o cordão e o que se seguiu foi uma hora muito boa, com as médicas a explicar tudo, desde as costuras, à placenta, ao facto de os vegetarianos ou quem come pouca carne vermelha ter muito mais problemas na pele para ser suturada e cicatrizada.

Claro que as diferenças não se ficaram aí.
Se a boca e o queixo parecem ser iguais aos do Martim, o apetite, esse, e o choro, nada têm a ver, com a mana faminta de 3 em 3 horas para comer, tendo sempre que ter suplemento. 

Nasceu com 2,800kg, mas o pai acha que vai ser o primeiro bebé do mundo que em vez de perder peso só vai ganhar.


22 janeiro 2009

Ainda não foi desta, mas...

1 comments
...pelos vistos não faltará muito.

As contracções não passaram disso, e logo esmoreceram no dia seguinte, que após cerca de 6 km de marcha, dando lugar a dores.

Ok.
E agora!?
E agora!?
Será?


Não.




Vinda a noite, a acalmia, e posto isto toca de dormir e preparar para a consulta com o médico no dia seguinte no hospital, que isto com caminhadas não vai mesmo lá.

CTG, e vai de adormecer-nos a miúda.
Iogurte, e nada.
Rebuçado, e nada.
Outro rebuçado, e lá espevitou.
E nisto toca de regressar à sala de espera e aguardar vez.

Chamados, descobrimos no consultório que o CTG se perdeu.
Ai................


...


...


Ok, encontraram-no.
No chão.
Voara...

O médico renitente.
Olha e coça a orelha.
Está tudo bem, mas por mim você ia para casa.
(O olhar desesperado da mummy diz tudo)
Já percebi, quer que lhe faça "aquilo", não é? Então sente-se lá ali para lhe fazer isso (o toque).

Nada. As membranas custam a descolar e passados uns minutos o alívio: Está tudo bem, ela está maiorzita do que estava o irmão, descida, e o colo está mole... mas você não é chata como as outras. As que são chatas eu não lhes faço nada. Chatas e mal-educadas! Às vezes aparecem aí umas mal-educadas que vou-lhe dizer!!! Mas você não, é bem-educada. Ora bem...

Seguiu-se uma conversa amena e as sábias declarações de muito cuidado e de virmos à urgência ao primeiro sinal de alarme, que algumas esperam 4 dias sem sentir o bebé mexer e ele já está morto quando lá chegam(!!!).
Seguiu-se marcação de consulta para visitá-lo no sábado no Hospital onde, se tudo correr bem, assim que haja vaga, entramos, para provocarem o parto. "Mas não sou eu que lhe faço o parto, está a compreender!? Eu só a acompanho".

Por isso, para ajudar o babado e despistado pai, se a filhota nascer sábado será a 24, o mesmo dia que o daddy, para ele não se trocar com mais datas e poder lembrar-se sempre da teimosa aquária que pelos vistos irá nascer mais cheíinha que o mano.

Hoje já não será.
Amanhã, sexta, nunca se sabe...
Sábado ou Domingo, pelos vistos, é ditada a hora de expulsão.

Filhota:
estamos, agora sim, muito ansiosos por te conhecermos!!!!
Só queremos que estejas bem e nasças forte e saudável.

e como pedido extra da mummy, que comas melhor que o mano, se puder ser...


21 janeiro 2009

Contracções de 10 em 10 minutos...

2 comments
...será que está mesmo a chegar, ou não passará daqui?

15 janeiro 2009

2.ª Consulta no Hospital, e nada...

3 comments
Pois é, filhão,
pelos vistos a mana não vem tão cedo.
É já a segunda consulta no Hospital, e o médico não desiste. Nada de 'toques'. É esperar.

As únicas recomendações são ter cuidado com o açúcar, que explodiu nas análises, e caminhar; e caso sintamos alguma mudança, ir logo à urgência.
Mas amanhã são já 39 semanas e a mummy está cada vez mais ansiosa.
Começa cada vez mais só a pensar em casos que correram mal e estou a ver que os próximos dias, até à nova consulta, vão ser intensos, penosos e até dramáticos.

Mas de facto, sejemos justos, do ponto de vista do médico, não há sinal nenhum para que se deva apressar, senão a nossa vontade de ver a nossa filha cá fora e comprovar que ela está bem.

Por isso, por ora, é mesmo caminhar, caminhar, caminhar... se é que isso ajuda alguma coisa.

12 janeiro 2009

Canção da Mãe

2 comments
Esta música e vídeo foi descoberto pela mummy e está realmente brilhante.

"CANÇÃO DA MÃE"

The Mom Song from Northland Video on Vimeo.





; )


"The Mom Song "

Get up now
Get up now
Get up out of bed
Wash your face
Brush your teeth
Comb your sleepyhead
Here's your clothes and your shoes
Hear the words I said
Get up now ! Get up and make your bed
Are you hot ? Are you cold?
Are you wearing that?
Where's your books and your lunch and your homework at ?
Grab your coat and gloves and your scarf and hat
Don't forget ! You gotta feed the cat
Eat your breakfast , the experts tell us it 's the most important meal of all
Take your vitamins so you will grow up one day to be big and tall
Please remember the orthodontist will be seeing you at 3 today
Don't forget your piano lesson is this afternoon so you must play
Don't shovel
Chew slowly
But hurry
The bus is here
Be careful
Come back here
Did you wash behind your ears?
Play outside , don't play rough , will you just play fair?
Be polite , make a friend , don't forget to share
Work it out , wait your turn , never take a dare
Get along ! Don't make me come down there
Clean your room , fold your clothes , put your stuff away
Make your bed , do it now , do we have all day ?
Were you born in a barn ? Would you like some hay?
Can you even hear a word I say ?
Answer the phone ! Get off the phone !
Don't sit so close , turn it down , no texting at the table
No more computer time tonight!
Your iPod 's my iPod if you don't listen up
Where are you going and with whom and what time do you think you 're coming home?
Saying thank you , please , excuse me makes you welcome everywhere you roam
You 'll appreciate my wisdom someday when you 're older and you 're grown
Can't wait till you have a couple little children of your own
You 'll thank me for the counsel I gave you so willingly
But right now I thank you not to roll your eyes at me
Close your mouth when you chew , would appreciate
Take a bite maybe two of the stuff you hate
Use your fork , do not burp or I'll set you straight
Eat the food I put upon your plate
Get an A, get the door , don't get smart with me
Get a grip , get in here , I'll count to three
Get a job , get a life , get a PHD
Get a dose of ,
"I don't care who started it !
You 're grounded until you 're 36"
Get your story straight and tell the truth for once , for heaven's sake
And if all your friends jumped off a cliff would you jump , too?
If I've said it once , I've said at least a thousand times before
That you 're too old to act this way
It must be your father's DNA
Look at me when I am talking
Stand up straighter when you walk
A place for everything and everything must be in place
Stop crying or I'll give you something real to cry about
Oh!
Brush your teeth , wash your face, put your PJs on
Get in bed , get a hug , say a prayer with mom
Don't forget , I love you
And tomorrow we will do this all again because a mom 's work never ends
You don't need the reason why
Because, because , because , because
I said so , I said so , I said so , I said so
I'm the mom , the mom , the mom , the mom , the mom !!
Ta da!!!

06 janeiro 2009

Começam a sentir-se os primeiros sinais...

4 comments
Pois é, filhotes,
a mummy já sente qualquer coisa "diferente" a mexer ali dentro. Não na barrigucha, mas sim mesmo no corpo, algo que começa a querer dizer "já arrancou", "está aí", "começou o processo"...

E com isso, disparou também a ansiedade.

Ai...

04 janeiro 2009

SALDOS - roupa

1 comments
Hoje os Saldos lá dispararam nos 30%, 40% e 50%. Sobretudo Zara, que é uma das lojas que mais interessa para roupa para os miúdos. 

A Girândola no Odivelas esta colecção estava meio depenada e a Benetton ainda se deixa nos 30%, o que na maioria das peças não dá sequer para ficar tentado.

E quanto à Zara, nem todas as lojas, que algumas só mesmo roupa de há duas épocas atrás (ainda lá estão por trás as etiquetas dos saldos anteriores...). Quanto à C&A, é mesmo onde se descobrem as melhores compras, em termos de preço, mas só mesmo indo muito no início, e com muito mais sorte se se tiver uma rapariga...

A loja da Disney, para quem teve sorte em lá passar quando ainda colavam as etiquetas de saldos, ainda terá dado para uns pijamas a bom preço, como bombom; Mas no geral, verdade seja dita, ao juntar uma e outra peça de roupa é inevitável perceber-se que os preços normais da roupa são de loucos! 

A H&M também arrancou timidamente, como sempre, guardando saldos para muito pouca roupa gira; encontra-se, mas mais para rapariga (muito mais!), ficando os rapazes com calças, calças, casacões, e as sempre sweat-tshirts desportivas, nada mais...


Sinceramente, não consigo compreender quem consegue vestir uma família fora da época de saldos!!! Acho mesmo completamente impensável. Ou então nós aqui em casa ganhamos muito pouco. 

Uns sapatos e um casaco, aqui e acolá fora de saldos, ainda vai que não vai, mas é ficar por aí. Sobretudo no que toca à miudagem mais pequena, que usa e troca roupa nova a cada 5 minutos e cresce todos os meses a olhos vistos.

Estimados ricalhaços donos das lojas de roupa para criança deste país: não dá para baixar um bocado os preços? É que mesmo em saldos a coisa não fica fácil, quando se começa a somar tudo...

02 janeiro 2009

Sabemos que a contagem decrescente começou quando...

0 comments
...tiramos a caixa do berço dos arrumos e nos pomos a montá-lo
...começamos a encaixotar roupa do mais velho já separada tendo em vista o que a irmã irá poder vestir
...desencaixotamos e arrumamos nas gavetas a roupa do mano para a mana
...olhamos para os dias que faltam e nos passa um "gulp"
...cada vez que ligamos aos pais e em 50% delas ouvimos do lado de lá "então? está tudo bem? onde estão?"
...olhamos para outros bebés que já por aí andam, de 1 mês de vida, e nos pomos a imaginar como será a nossa filhota
...quando a palavra "parto" já nos soa realidade perto demais e nos pomos a pedir que seja uma hora pequenina.

Já lá vão 37 semanas.
A partir de agora, de facto, pode ser em qualquer dia...


 

de pai para filhos Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez